Tecnologias de Segurança em Exchanges

Segurança e confiabilidade são atributos obrigatórios em todas as exchanges de criptomoedas existentes no mercado. Garantir aos traders  que suas carteiras estarão seguras é o grande desafio das corretoras, tanto no Brasil, quanto no mundo inteiro.

Antes de tudo usar, comprar, vender ou investir, é necessário que se entenda como funciona, investigar os riscos e também aprender sobre as formas seguras de armazenamento que a exchange oferece. Entretanto, nessa postagem abordaremos apenas os riscos de segurança, e não os riscos que o mercado oferece, já que afinal, o mercado é livre e o preço pode aumentar ou diminuir conforme o rumo tomado durante as transações mundiais.

 

Riscos de Sistema

 

É a maior preocupação que se deve ter em relação aos novos usuários, pois existem uma série de dúvidas sobre o mercado das novas moedas digitais, tecnologia Blockchain e sobre como todas essas novidades vem mudando a forma como lidamos com o dinheiro e a globalização do tema. Entretanto, na maioria dos casos, o receio é sobre a segurança das carteiras e corretoras.

 

Tais preocupações são feitas com razão, já que golpes e ataques de hackers envolvendo Bitcoins já foram vistos anteriormente. Mas como a segurança das exchanges funcionam?

 

Em resumo, é utilizada a criptografia moderna prevê um elevado nível de segurança por meio de comprovações matemáticas e registros que possibilitam que transações públicas sejam feitas sem ter informação públicas reveladas – verificando qual conta está transferindo para outra conta, sem riscos de duplicação da moeda, por exemplo – e, embora não se saiba exatamente a identidade real de cada um.

 

Outro fator de segurança é a rede peer-to-peer (P2P). Como não há um servidor central ou uma autoridade centralizada, é virtualmente impossível parar o Bitcoin. Não há nenhuma forma para obstruir o seu funcionamento ou impedir usuários de transacionar as moedas.

 

Um fator interessante dessa tecnologia, é de que os custos de se fazer alguma ação mal-intencionada é sempre maior do que os benefícios, ou seja, é mais rentável seguir as regras do sistema do que ter o trabalho de burlá-lo. Por todos esses motivos, a Blockchain nunca foi violada e hackeada. Embora tenha sido alvo de ataques hackers desde o início.

 

Como o Bitcoin não é controlado por ninguém individualmente, e sim por todos os participantes de uma forma coletiva, esse modelo de segurança é absoluta quebra de paradigmas no mercado financeiro mundial.

 

Obviamente esse sistema de software de código-fonte aberto também traz incertezas, especialmente relacionadas à governança do sistema. Além disso, as atualizações propostas por desenvolvedores precisam de consenso elevado – quase unanimidade – para serem adotadas de fato.

 

Risco de Usabilidade

 

Entretanto, o pior risco de segurança está no próprio usuário, mais precisamente na falta da experiência na utilização das plataformas. São diversos meios de riscos, como esquecer logins, senhas, pendrives, HDs formatados, entre outros.

 

É de extrema importância que o trader aprenda como funcionam as carteiras, plataformas e as diversas formas de armazenamento das plataformas.

 

A Tecnologias de Segurança utilizadas pela MUREXCHANGE

 

 

 

 

A plataforma da MUREXCHANGE foi desenvolvida com as principais tecnologias de segurança do mercado, como AWS, BitGo, Let’s Encrypt e o Cloudfare. Veja a seguir qual a função de cada tecnologia:

 

AWS

 

Lançado em 2006, o Amazon Web Services, mais conhecido como AWS é um provedor de serviços online para aplicação em sistemas baseado em nuvem, oferecida pela Amazon.com. Os serviços são oferecidos em 16 regiões distribuídas pelo mundo, oferecendo funcionalidades para que outros desenvolvedores podem usar em suas aplicações.

 

BitGo

 

Desenvolvida no Vale do Silicio em 2013, a BitGo é uma empresa de segurança baseada em Blockchain, oferecendo um serviço de carteira de Bitcoin de multi-assinatura. Em sua plataforma, a BitGo suporta as criptomoedas mais utilizadas no mercado, como Bitcoin, Bitcoin Cash, Bitcoin Gold, Litecoin, Ripple e Ethereum (Obs: Ripple e Ethereum entrarão futuramente no catálogo da MUREXCHANGE).

 

Com tudo isso, a BitGo processa mais de U$ 10 bilhões em transações de criptomoedas por mês, sendo um software confiável e utilizado na segurança e manutenção de carteiras pelas maiores exchanges de moedas digitais do mundo.

 

Let’s Encrypt

 

A Let’s Encrypt é uma autoridade de certificação (CA) livre, automatizada e aberta, executada para o benefício do público. É um serviço fornecido pelo Internet Security Research Group (ISRG) .

 

Os principais motivos para a utilização da Let’s Encrypt são a gratuidade do software, onde qualquer pessoa pode usá-la para conseguir um certificado confiável. Além disso, a automatização do processo traz segurança e transparência para a emissão dos protocolos e renovação, onde beneficia a comunidade do mercado, além de ajudar no controle de qualquer organização.

 

Cloudflare

 

Fundada em 2009, A Cloudflare, Inc. é uma empresa americana que fornece uma rede de distribuição de conteúdo, serviços de segurança da Internet e serviços de servidor de nome de domínio distribuído, localizados entre o visitante e o provedor de host do usuário da Cloudflare, agindo como um proxy reverso para sites.

 

Serviços como Proteção DDoS, Firewall, Proxy Reverso entre outros estão sobre a proteção da Cloudflare que acelera e protege milhões de sites, APIs, serviços de SaaS e outras propriedades ligadas à Internet. Sendo apoiada pela Microsoft e pela Google, a Cloudflare protege sites e sistemas importantes no mundo financeiro, como a Nasdaq.

 

 

 

 

Aproveite a segurança e abra sua conta na MUREXCHANGE

A  MUREXCHANGE® é uma das principais Exchanges do mercado, onde a transação é feita de um jeito simples, com diversas as ofertas  de compra e venda de diversas criptomoedas com taxa zero para manutenção de contas e depósitos.

 

Quer comprar Bitcoins e outras criptomoedas com segurança? Conheça a MUREXCHANGE®

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *